quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Eternamente

Segura na minha mão
Deixa o vento soprar
Caminha em frente
Que eu não vou te soltar
Por cima de um rio
Sobre as nuvens, sobre o céu
Não existe vento frio
Que afaste esse calor teu
Aguarda-me, na noite antes de ires dormir
Á porta de casa, eu espero ver-te sorrir
Prometo que eu não irei me demorar
Pois Eternamente, vivo para te encontrar
Na vida o que me sustém
E esse teu doce olhar
Sei que não há mais ninguém
Que preencha o teu lugar
Quando eu estou fraco
E sem vontade de lutar
Em ti eu encontro força
E asas para voar
Aguarda-me, na noite antes de ires dormir
Á porta de casa, eu espero ver-te sorrir
Prometo que eu não irei me demorar
Pois Eternamente, vivo para te encontrar

Letra e melodia de Joel Flor
23/01/2007

5 comentários:

  1. Seguindo uma das opiniões que ouvi, aqui está a letra de mais uma música, com a melodia tambem dísponivel em video.

    ResponderExcluir
  2. Ora viva Poeta.

    Muito bom, gostei!

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Grande César, sempre a considerar. Obrigado, forte abraço!

    ResponderExcluir
  4. Esta musica é muito profunda, muito emocionante, não fica apenas pelos ouvidos, toca no íntimo e traz muito boas recordações.

    ResponderExcluir
  5. Esta música falamos sobre o amor, sobra força que manifesta naqueles que nos rodeiam e sobre o elo eterno que os une.

    ResponderExcluir